Arquivo da tag: sensações

11 motivos para você investir seu dinheiro em Viagens

Cada um é cada um, tem sua experiência e história de vida. Mas uma coisa que aproxima todos os seres humanos é a maravilha de conhecer contextos e histórias diferentes da sua.

Sim, estamos falando de Viajar!

Conhecer outras culturas, outros povos, outros costumes.

Viajar é, com certeza, a melhor maneira de investir o seu dinheiro. Muito mais do que comprar bens ou pagar por cursos… e aqui você verá as minhas 11 justificativas pra isso!

viajar

  1. Viajar abre a mente
    Quando conhecemos lugares diferentes, pessoas diferentes e costumes diferentes, aprendemos que o mundo é um lugar mais amplo e que a nossa realidade nem sempre é uma verdade absoluta. Nossa mente se abre pro novo e fica mais acostumada em lidar com novidades e surpresas. Viajar abre a nossa cabeça!
  2. Viajar cria experiência
    Lidar com diferentes situações, em lugares onde não falamos a língua ou onde todos os costumes são novidade desenvolve na gente um jogo de cintura e uma capacidade de adaptação que nenhuma outra vivência é capaz.
  3. A gente se conhece melhor quando viaja
    É u processo de autoconhecimento profundo. Compreender-se em novos ambientes faz com que conheçamos melhor os nossos limites, a nossa aceitação, os nossos sentimentos por nós mesmos e pelos outros. O que você aceita, o que você acha normal, acha justo, vários conceitos são trabalhados internamente quando a gente viaja, principalmente quando a gente viaja sozinho.
  4. Viajar mexe com a nossa inteligência emocional
    Muitas vezes já lemos algum livro sobre algum Um lugar ou vimos algum lugar nos filmes. Quando temos o contato real e sensorial com essas memórias, trabalhamos também as emoções que já habitam o nosso corpo há algum tempo. Isso nos torna mais maduros e mais sadios emocionalmente falando.
  5. É um aprendizado sem igual
    Diferentemente das teorias e dos livros, viajar traz pra gente um aprendizado prático, efetivo, dinâmico e único. Nós nunca voltamos os mesmos depois de uma viagem, sempre ocorre uma ou várias transformações que nos deixam mais pronto para a vida – e para a próxima viagem.
  6. Viajar aumenta nossas referências
    A maneira que entendemos o mundo engrandece quando viajamos. Trazemos vários conceitos ao longo da vida: o que é uma sobremesa, o que é esperar um ônibus, o que é conversar com uma pessoa desconhecida, e assim por diante. Toda nossa experiência cia referências na nossa mente e viajar aumenta quantitativa e qualitativamente as nossas referências a respeito do mundo em que vivemos.
  7. Viajar nos coloca em contato com pessoas interessantes
    Ninguém é igual a ninguém, mas quando ficamos sempre no mesmo bairro, na mesma cidade, no mesmo país, acabamos sem perceber os efeitos que a cultura e o ambiente causam na nossa personalidade. Quando viajamos, conhecemos pessoas que cresceram em outros lugares, completamente diferentes dos nossos. Pessoas interessantíssimas e completamente diferentes daquilo e daquelas que conhecemos.
  8. Viajar recria o seu Ego
    Quando estamos em um lugar onde ninguém nos conhece, percebemos que podemos ser quem ou o que quisermos. temos o péssimo hábito de repetir para nós mesmos “eu sou assim” ou “eu sou assado”. Quando viajamos percebemos a possibilidade de nos redefinirmos, de criarmos uma outra realidade para a nossa pessoa.
  9. Viajar expande o nosso comportamento
    Ao invés de nos limitar, que é o que acontece quando ficamos estagnados e parados no mesmo lugar, viajar é algo que aumenta e expande a nossa gama de comportamento. Das coisas simples às coisas mais complexas; você aprende a tomar banho de um jeito diferente, a olhos nos olhos de um jeito diferente, a ouvir as pessoas de um jeito diferente…
  10. Desenvolve nossa humildade
    Quando viajamos percebemos como somos pequenos e como tudo aquilo que tínhamos como uma verdade incondicional e absoluta é apenas um fragmento da realidade que permeia todo esse enorme planeta azul. Aprendemos o nosso devido lugar, a nossa importância, mas com significado profundo, clareza e humildade.
  11. Viajar é sensorial
    O contato com novos aromas, com uma nova gastronomia, novos sabores, sons, cores, tudo isso enriquece a maneira que percebemos o mundo através dos nossos sentidos. FIcamos mais abertos, mais sensíveis, mais dispostos. Cheirar uma flor na primavera Europeia é uma sensação que você só vai ter na primavera Europeia, assim como dar um mergulho nas águas quentes do nordeste brasileiro. Isso cria novas referências para todo o nosso aparato sensorial, e é uma delícia!

Enfim, eu poderia continuar infinitamente aqui, mas acho que você já entendeu o ponto da coisa…

Agora me conta, você gosta de viajar? Tem seus motivos? O que é que te tira do lugar? Bora começar um bate papo aqui? eu já comecei! Quem retruca?